martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 14 de julho de 2022

Caos se espalha na Holanda! O globalismo avança na Europa (veja o vídeo)

Quinta, 14 de Julho de 2022



Os protestos, marcados pelo bloqueio de estradas, supermercados e centros de distribuição, escalaram na noite de terça-feira, com a polícia a disparar tiros contra agricultores em tratores.

As autoridades disseram que estavam a responder a uma “situação ameaçadora” quando os agricultores, que estavam a tentar ultrapassar um bloqueio para entrar numa autoestrada na província de Friesland, começaram a conduzir os seus tratores na direção dos policiais e dos seus veículos.

Tudo isso em meio a maior escassez de alimentos das últimas décadas causadas pela pandemia e pela guerra russo-ucraniana. O governo holandês conseguiu um feito inimaginável – faltam alimentos nas gondolas dos supermercados do país. Um dos mais ricos do mundo. 

Por trás disso está um monte de burocratas muito bem pagos em Bruxelas e Estrasburgo, sedes luxuosas do governo globalista da União Europeia. São esses mesmos burocratas europeus que preparam nesse momento uma campanha contra o governo Jair Bolsonaro, a maior resistência mundial ao ‘Globalismo’.

Confira:

A REVOLTA SE ESPALHA PELA EUROPA

Na sexta-feira (8), produtores rurais da Itália e da Polônia também deram início a manifestações em apoio ao movimento que acontece na Holanda desde o final de semana passado, segundo informações apuradas pelo portal EuroWeekly News.

"Os protestos registrados nestes países começaram depois que as paralisações na Holanda levaram inúmeros supermercados a ficarem desabastecidos", relata o site europeu. 

Em uma postagem no Twitter, onde os vídeos sobre os protestos de agricultores na Europa estão viralizando, é possível ler:

"Itália: Os agricultores da cidade de Bauern vieram às ruas e bloquearam as estradas em protesto contra as condições de vida e as novas leis ambientais”.

Em uma outra, se lê: Na Polônia. Um movimento que está se tornando global e produtores de toda a Europa estão se juntando a ele. 

Na Holanda, a Ministra de Natureza e do Nitrogenio, Christianne Van der Wal, emitiu uma carta com um ultimato aos produtores rurais onde exige que eles cortem 50% das suas emissões de gases e dá três opções:

O produtor faz isso de forma voluntária.
Você recebe uma indenização, mas se compromete a nunca mais ser produtor rural.
Sua propriedade é desapropriada de forma unilateral pelo governo.

Entendeu por que a União Europeia – nessa área específica, liderada pelo presidente francês Emmanuel Macron – torce tanto pela vitória do Lula?

Foto de Eduardo Negrão

Eduardo Negrão

Consultor político e autor de "Terrorismo Global" e "México pecado ao sul do Rio Grande" ambos pela Scortecci Editora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055