martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 22 de março de 2022

Avião que caiu na China despencou 6 mil metros em dois minutos

Terça, 22 de Março de 2022

Foto: reprodução

O Boeing 737-800 da China Eastern Airlines que caiu na madrugada de hoje com 132 pessoas a bordo na China despencou mais de seis mil metros em apenas dois minutos. As informações são do FlightRadar24, que monitora a atividade de voos mundialmente.

O avião estava em cruzeiro a uma altitude de 29.100 pés (8,8 mil metros) às 4h20, pelo horário de Brasília. Pouco mais de dois minutos depois, os dados de monitoramento mostram que ele caiu para 7.425 pés (2,2 mil metros) e subiu para 9.075 pés de altitude (equivalente a 2,76 mil metros). Nos 20 segundos que se seguiram, a última altitude rastreada do avião foi de 3.225 pés (pouco mais de 980 metros), indicando uma descida vertical a 17,67 mil pés por minuto, o equivalente a aproximadamente 5,4 km/min ou 323 km/h.

O voo da China Eastern partiu da cidade de Kunming às 13h11 (1h11 em Brasília) e estava previsto para aterrissar em Guangzhou às 15h05 (4h05 em Brasília). O avião perdeu contato com os radares perto de Wuzhou, na região de Guangxi.

A cidade de Wuzhou enviou 117 bombeiros com 23 caminhões para o local. Outros 538 bombeiros da região também foram deslocados. Apesar de a companhia aérea confirmar que houve mortes, ainda não há números oficiais de vítimas até o momento.

O presidente chinês Xi Jinping demandou esforço máximo nas operações de resgate. O país enviou equipes de busca para o local do acidente e ainda procura as caixas pretas do avião, que podem esclarecer o motivo da queda. Eles também devem analisar os outros voos feitos pelo avião, assim como o estado de saúde do piloto.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram destroços do avião doméstico, com um grande incêndio e fumaça branca saindo de uma montanha.

Entenda o caso

A imprensa local informou que, segundo os funcionários do aeroporto, o voo MU5735 da China Eastern Airlines não chegou a seu destino previsto em Guangzhou, depois de ter decolado da cidade de Kunming (sudoeste) pouco depois das 13h (2h no horário de Brasília).

Autoridades chinesas informaram ainda que não há registros de estrangeiros no voo, de acordo com a CGTN, emissora estatal chinesa.

O Boeing 737 caiu em uma zona rural na localidade de Teng, perto da cidade de Wuzhou, na região de Guangxi, e provocou um incêndio na montanha.

Segundo a base de dados do Aviation Safety Network, outros 22 acidentes com o mesmo modelo de Boeing 737-800 foram registrados no mundo desde 2006. O primeiro deles foi no Brasil e deixou 156 pessoas mortas.

UOL


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055