martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Vereador, ex-membro do MBL, faz graves revelações e detona: "Estão abraçados com PT, PSOL e PCdoB" (veja o vídeo)

Quinta, 07 de Outubro de 2021

Durante a atração, Carmelo, que foi o vereador mais jovem da história da cidade, falou sobre a sua trajetória política e sobre o motivo de ter saído do Movimento Brasil Livre, pelo qual se elegeu.

“Discordei deles e, ao discordar, apresentaram uma punição que seria uma semana sem [eu] postar nada nas minhas redes sociais. Ou seja, liberalismo para os outros, mas, para eles, ditadura. Eu não mudei. Eles que mudaram.

Estão abraçados com PT, PSOL e PCdoB. Veja a manifestação de “gatos pingados” do dia 12. Só tinha militantes de esquerda. O PT fez outra agora. Foi um fracasso. Eles estão abraçados com quem antes criticavam, por conveniência e poder. Bolsonaro nunca deu atenção a eles. Eles queriam atenção”, desabafou Carmelo.

Ao comentar sobre a operação Lava Jato, o vereador deixou claro não acreditar que o responsável pelo fim da operação tenha sido o presidente Jair Bolsonaro.

Segundo ele, o responsável foi o Supremo Tribunal Federal (STF), impedindo o prosseguimento do combate à corrupção:

“Quem acabou com a Lava Jato foi o Supremo, que soltou o Lula. O presidente Bolsonaro não acabou com a Lava Jato, pois ele não manda no MP, não manda no Supremo.
O Supremo aniquilou a Lava Jato, soltou todo mundo, está sendo um câncer no combate à corrupção, defendo as prisões justas que deveriam ter sido feitas. Critico o Supremo com minha liberdade de expressão. O conservador quer preservar o Supremo”, apontou ele.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055