martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 9 de outubro de 2021

Toffoli arquiva pedido de investigação contra Paulo Guedes e Campos Neto por offshore

 Sábado, 09 de Outubro de 2021

Foto: Jorge William / Agência O Globo/19/11/2020

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), arquivou um pedido do senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) para que fosse solicitada à Procuradoria-Geral da República uma investigação sobre as empresas offshore do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

De acordo com o despacho de Dias Toffoli, “cabe salientar que a Procuradoria-Geral da República, detém, privativamente, a atribuição de promover a ação penal pública em face dos alegados crimes praticados por autoridades com foro por prerrogativa de função, caso de ministros de Estado”.

Ainda de acordo com o ministro do Supremo, “não há como o Judiciário substituir a atividade” do MPF e exercer ” juízo valorativo sobre fatos alegadamente criminosos”. Toffoli lembrou que “tampouco cabe ao Judiciário que ‘solicite a abertura de investigação’ como constou na inicial”.

Com informações de iG

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Contra fatos
    Não há argumentos
    Justiça foi feita
    Ministros íntegros
    Tem uns condenados andando solto por aí
    Iludindo uns coitados que ainda acreditam em sua falsa palavra.
    Tenho pena dessa gente sofredora
    Se tivessem estudado, saberiam distinguir o joio do trigo

    1. Colocam a raposa pra tomar conta do galinheiro e ainda aparece defensor, haja cumplicidade

  2. O que tem de errado aí? Arquivou por não ter nada de errado, ora!
    É ruim o STF, apadrinhar alguém do governo federal!

  3. Acho que os patriotas conservadores defensores dos bons costumes farão uma grande manifestação usando as camisetas da CBF em todo o Brasil. Será que BANDIDO BOM É BANDIDO NO MINISTÉRIO E SOLTO???? Acho que esse negócio de BANDIDO BOM É BANDIDO MORTO está fora de moda…..É melhor deixar essa estória pra lá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055