martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 15 de outubro de 2021

Quase um ano depois, Constantino volta a comentar o caso "Mari Ferrer" e faz alerta sobre feministas (veja o vídeo)

 Sexta, 15 de Outubro de 2021





Ao comentar o caso Mariana Ferrer, cuja decisão em segunda instância foi divulgada nos últimos dias, inocentando o acusado de estupro, os participantes expuseram suas opiniões sobre a necessidade de pena mais duras aos estupradores, e o cuidado em evitar falsa denúncias:

“Eu não comentei especificamente sobre aquele caso, mas foi o que deu ensejo à minha reflexão sobre a banalização do estupro, lembrando que mulheres também mentem, que o devido processo legal e que todos são inocentes até que se prove o contrário, são pilares da civilização ocidental. Coisas que as feministas andavam ignorando”, comentou Constantino. 
A deputada Bia Kicis falou sobre o projeto de lei que prevê o endurecimento das penas para estupradores que apresentou à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e que ganhou o apelido de ‘Lei Constantino’:
“Ela está na CCJ, ela, especificamente, ainda não foi relatada, mas nós acabamos de aprovar um conjunto de normas que altera o Código Penal e nós aumentamos, sim, a pena, endurecemos a pena para estupradores. [...]
Principalmente para pessoas que cometem qualquer ato de indignidade sexual com crianças, adolescentes, com pessoas vulneráveis, mas não tem castração química nestes projetos. O Projeto Constantino ainda será analisado pela CCJ”, comentou ela.

Valéria fez questão de salientar a gravidade de falsas denúncias, já que uma acusação caluniosa pode acabar com a vida de um rapaz inocente:

“Essas falsas denúncias, que essas mulheres inventam, porque agora a mulher tem sempre razão [...] eu quero lembrar essas mães que apoiam, que acham que qualquer coisa que a mulher vai lá na delegacia denunciar, esse rapaz vai ter a sua vida destroçada.
Este cara vai ter a pecha de estuprador. Vai estar na Justiça respondendo por estupro sem ter feito nada. Simplesmente porque o feminismo foi deturpado, o feminismo virou isso que a gente está vendo. As mulheres chegam lá, elas não precisam provar nada. [...]
Esse rapaz que foi caluniado pode ser o seu filho, o seu neto, irmão. Então, gente, falsa denúncia de estupro é crime grave. Não é brincadeira”.

Assista ao vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055