martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 25 de junho de 2022

Um pedaço da nossa história registrado pelos olhos de um conservador

 Sábado, 25 de Junho de 2022


Nos últimos anos, tenho me engajado na produção de uma literatura conservadora e de direita, tentando, à minha maneira, fazer a minha parte na quebra da hegemonia cultural da esquerda no país.

Já publiquei, às minhas expensas, os dois livros que ilustram esse pequeno texto, chamados Escritos Conservadores e O Despertar do Brasil Conservador, lançados respectivamente em 2020 e 2021. Dando sequência, recentemente foi publicado um livro chamado Línguas de Fogo, da editora BKCC, disponível nas livrarias do CEDET, uma antologia com uma coletânea de textos de 37 autores, que envolvem cultura, política, sociedade, etc., do qual participo com três artigos.

Seguindo: tenho uma obra de ficção já sendo finalizada, com um enredo repleto de valores e princípios conservadores que entendo que precisam ser espalhados na literatura. E finalmente, a ABRAJUC – Associação Brasileira de Juristas Conservadores, da qual faço parte, está organizando um livro sobre Ativismo Judicial, onde eu e vários autores participamos, cada um com um texto a respeito do fenômeno – escrevi um longo ensaio de quase 30 páginas para tratar da questão.

Tenho, portanto, tentado produzir literatura de direita e conservadora, porque entendo que precisamos quebrar a hegemonia da esquerda no setor literário, conquistada após décadas de ocupação de espaços.

Mas o objetivo desse meu texto é abordar, especificamente, essas duas obras que já publiquei. A primeira (Escritos Conservadores) é basicamente, a minha visão de mundo aos olhos de um conservador: política, mídia, moral, fé, cultura. Tudo registrado em um pensamento organizado em capítulos, como forma de difusão do pensamento conservador no país.

O livro aborda os seguintes assuntos: (i) democracia e Estado de Direito; (ii) liberdade; (iii) República (sua proclamação e problemas dela decorrentes); (iv) Federação brasileira; (v) importância da Cultura na formação da sociedade brasileira; (vi) moral; (vii) mídia jornalística e sua atuação no ambiente brasileiro atual; (viii) parlamento brasileiro; (ix) STF e ativismo judicial; (x) análises pontuais sobre fatos ocorridos no Governo Bolsonaro, para registro histórico; (xi) literatura; (xii) história; (xiii) etcetera.

Já o segundo livro (O Despertar do Brasil Conservador) se propõe a registrar o período histórico que o país atravessa, com a eleição de Jair Bolsonaro à presidência da república e o verdadeiro “despertar coletivo” da população, que descobriu que pode participar ativamente do processo político e percebeu que sua atuação na política não se limita ao mero comparecimento às urnas nos dias de votação.

Entendo que se não for registrado em um livro tudo o que aconteceu na eleição do atual presidente e tudo o que foi feito no seu governo, bem como pelo Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal durante o período, demonstrando ainda qual foi a participação do povo nesse processo todo, a única versão dos fatos que existirá no futuro é a unilateral da esquerda, totalmente enviesada e recheada de mentiras. Essa é a minha ideia na obra.

Para melhor sistematização, separei o livro em três volumes. O primeiro engloba o período eleitoral, em 2018, e o governo de Jair Bolsonaro, que se iniciou em janeiro de 2019. O segundo, a atuação do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal durante o governo de Jair Bolsonaro. O terceiro se relaciona ao povo e a sua responsabilidade com todos os eventos narrados nos volumes anteriores.  

A minha intenção com a obra é, mais uma vez, registrar os fatos acontecidos no Brasil dos últimos anos, onde a maioria do povo em 2018 elegeu Jair Bolsonaro à presidência da república e inaugurou um novo ciclo na história do país. Entendo que se não fizermos isso, daqui a 20 anos seremos aqueles “chatos” e “ranzinzas” que passarão o dia dizendo que as coisas não aconteceram da forma que estarão sendo contadas, repito o que já escrevi acima.

Essas minhas duas obras estão sendo vendidas por mim diretamente, no restante da tiragem ainda disponível. Trata-se de produção independente, sem qualquer financiamento editorial, tendo sido integralmente custeada por mim mesmo, ao estilo “faça você mesmo” – ao invés de ficar no aguardo de terceiros.

Se o caro leitor que se depara com esse meu texto aqui tiver interesse em adquiri-las, é só fazer contato comigo no meu Whatsapp 24-98846-6699 (ou então pelo link https://wa.me/message/CZ2U5HO7OBFZJ1), que passo os valores e a forma de pagamento. Saliento que os livros serão enviados com uma dedicatória exclusiva para o interessado.

A Deputada Bia Kicis já tem os dela, como se vê nesse vídeo aqui: 

O General Heleno também.

Muito obrigado a todos. 

Foto de Guillermo Federico Piacesi Ramos

Guillermo Federico Piacesi Ramos

Advogado e escritor. Autor dos livros “Escritos conservadores” (Ed. Fontenele, 2020) e “O despertar do Brasil Conservador” (Ed. Fontenele, 2021).

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055