martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 24 de junho de 2022

Idosa foi estuprada antes de ser morta espancada em Baraúna, aponta laudo

Sexta, 24 de Junho de 2022

Caso aconteceu no último dia 23 de maio. Suspeito segue foragido

O laudo de conjunção carnal do Instituto de Técnico-Científico de Perícia (Itep) concluiu que Adalgisa Fagundes Neves, de 61 anos, foi estuprada antes de morrer. Ela foi encontrada no último dia 23 de maio em Baraúna, chegou a ser socorrida em Mossoró, no Oeste do RN mas morreu no mesmo dia.

O resultado do laudo foi divulgado nesta quinta-feira 23. De acordo com o delegado Luiz Fernando, responsável pelo caso, o inquérito foi remetido à Justiça com o indiciamento por homicídio e estupro.

O suspeito do crime é Matheus Mangueira da Silva, de 23 anos, que tem em seu desfavor mandado de prisão preventiva decretado, mas segue foragido.

“Ela teve um traumatismo craniano pelas agressões. O resultado do laudo foi anexado ao inquérito remetido à Justiça”, afirma o delegado.

G1 RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055