martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 6 de junho de 2022

MP vai investigar contratação de show de R$ 380 mil de Simone e Simaria

Segunda, 06 de Junho de 2022

Foto: Reprodução

O Ministério Público do Rio Grande do Sul vai investigar a contratação do show da dupla sertaneja Simone e Simaria para a Festa da Gila e do Queijo Artesanal Serrano, em Bom Jesus, na Serra. O show, que tem cachê de R$ 380 mil para a dupla, está marcado para o dia 15 de julho. As entradas para o evento custam entre R$ 40 e R$ 250.

O município tem cerca de 11,5 mil habitantes, segundo o IBGE. O valor pago pelo show é próximo do que será gasto pela prefeitura da cidade em junho com a educação fundamental, R$ 409 mil.

O caso vai ser investigado pelo promotor Raynner Sales de Meira, que preferiu não se manifestar. Ao g1, a assessoria de imprensa do MP informou que “vai instaurar procedimento esta semana para apurar se houve irregularidade na contratação”. O MP não apontou qual seria a suposta irrefularidade.

Em nota, a prefeitura de Bom Jesus afirma que “o pagamento de tais shows não é retirado do orçamento municipal”. E que a venda de ingressos deve cobrir os custos com a contratação de artistas, o que já teria ocorrido entre os anos de 2013 a 2015 e 2017, quando outras atrações nacionais se apresentaram no evento. Leia nota completa abaixo.

A festa que leva o nome do fruto de origem portuguesa, parecido com uma melancia, está na 15ª edição.

A contratação de artistas sertanejos em pequenas cidades do interior do país virou discussão nas últimas semanas. Na Bahia, a Justiça cancelou o Festival da Banana, que pagaria cachês de até R$ 700 mil a cantores como Gusttavo Lima. Há casos em que os shows milionários foram bancados com recursos de emendas parlamentares.

G1

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Agora que o ministério público descobriu que de vez em quando uma mão lava a outra em festa organizada pelo poder executivo municipal e estadual em parceria pública-privada com a empresa artistica e musical?

  2. Essa pratica é muito velha todo mundo já sabe, faz um contrato de X e na realidade no maximo é 50% que o artista recebe, nesse caso creio que 38mil ou seja 10% do contrato já estar demais para essas doidinhas, o problema ´que não da em nada, fica condenado a devolver o dinheiro e nunca devolve ai fica inelegivel ai qualquer advogado o torna elegivel é so recorrer ao tse e por ai vai

  3. Agora lascou
    Mimi da bexiga esse
    Investiga a prefeitura
    O artista e contratado, vai na cidade, faz o show recebe e vai embora
    Agora a lacrolandia tudo investiga
    Podiam ir atrás de saber se o dinheiro da pandemia não houve trambicagen

    1. Imbecil , faltando merenda escolar, gaze nos postos de saúde, telhado quebrado em delegacia , e a prefeitura gastando em show?? Você é muito idiota , PÃO E CIRCO , deixa isso para a iniciativa privada, agora fud… com o cú alheio ??

    2. Idiota , seria o mesmo que você não tem comida na mesa , condomínio atrasado , escola das crianças sem pagar , sem plano de saúde …. E gastando em FARRA e vendo whisky 12 anos , acha normal, me responde inteligente???

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055