martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 26 de maio de 2022

Sem noção, jornalista da Folha critica ação do BOPE ‘sem mortes de policiais’ e leva resposta certeira de Felipe Melo

Quinta, 26 de Maio de 2022

A jornalista Mônica Bergamo voltou a mostrar toda sua indignação com as ações policiais, como a realizada nesta terça-feira (24), na Zona Norte do Rio de Janeiro, pelo Batalhão de Operações Especiais (BOPE), com 25 mortos (número atualizado).

MASSACRE NO RIO: PM fala de “confronto em larga escala”. 22 mortos e 7 feridos pela polícia. Nenhum policial morto.

Escreveu a colunista da Folha, visivelmente incomodada com a ausência de baixas entre os agentes da segurança pública.

A postagem recebeu diversas críticas, mas uma delas chamou a atenção, pois veio de outra figura com milhões de seguidores nas redes, o meio-campista do Fluminense e declarado apoiador do governo, Felipe Melo:

Graças a Jesus Cristo não morreu nenhum policial!

São dezenas de vidas levadas pelas drogas, tantas outras que se perdem nas mãos ‘dos adolescentes que só querem roubar um celular para ganhar um trocado’, e há ainda aquelas que deixam de ser salvas por causa do dinheiro desviado da saúde, como o que se viu no recente escândalo do Consórcio Nordeste.

Enfim, o que pode explicar essa adoração de algumas personalidades, seja da política, da velha imprensa ou do meio artístico, por bandidos, a ponto de ‘lamentar a ausência de policiais mortos’, durante uma ação?

Sobre a ação do BOPE

Foi uma ação integrada que vinha sendo planejada há alguns meses para prender chefões do tráfico no complexo de favelas do morro da Penha, na Zona Norte do RJ. Houve resistência, seguida de intensa troca de tiros, em uma operação que durou quase 12 horas. Foram apreendidos uma grande quantidade de drogas; 13 fuzis, 4 pistolas e 12 granadas, além de 30 veículos roubados.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055