martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 5 de junho de 2021

PGR pede ao STF o arquivamento de ações sobre "atos antidemocráticos"

 Sábado, 05 de Junho de 2021

Nesta sexta-feira, 04, a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o arquivamento da investigação sobre os supostos “atos antidemocráticos”.

O Inquérito está sobre os cuidados do ministro Alexandre de Moraes.

O texto encaminhado ao STF afirma que as investigações da Polícia Federal não conseguiram apontar a participação dos deputados e senadores nos supostos crimes investigados.

"Esse inadequado direcionamento da investigação impediu a identificação de lacunas e dos meios necessários, adequados e proporcionais para alcançar a sua finalidade, impossibilitou a delimitação do problema, e fez com que as anões e as diligências de toda a equipe policial se aímtassem do escapo das buscas e apreensões", escreveu o vice-procurador-geral da República Humberto Jacques, no parecer.

Os parlamentares que são investigados no inquérito são:

Alê Silva, deputada (PSL-MG)

Aline Sleutjes, deputada (PSL-PR)

Arolde de Oliveira, senador (PSD-RJ)

Bia Kicis, deputada (PSL-DF)

Carla Zambelli, deputada (PSL-SP)

Caroline de Toni, deputada (PSL-SC)

General Girão, deputado (PSL-RN)

Guga Peixoto, deputado (PSL-SP)

Junio Amaral, deputado (PSL-MG)

Quanto aos deputados Daniel Silveira (PSL-RJ) e Otoni de Paula (PSC-RJ), que também foram investigados no Inquérito, não se aplica o arquivamento. Ambos estão denunciados no Supremo com base no mesmo inquérito.

A PGR pede ainda que seis investigações que envolvem pessoas sem foro no STF sejam enviadas para a primeira instância da Justiça.

Segundo a Globo, entre eles estaria o jornalista Allan dos Santos.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055