martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 26 de junho de 2021

“No Congresso brasileiro tem um sindicato de vagabundos”, detona deputado (veja o vídeo)

Sábado, 26 de Junho de 2021

Em entrevista exclusiva à TV JCO, em Brasília, o deputado federal José Medeiros (PODE-MT) não deixou pedra sob pedra! A violência como arma política da esquerda, o sindicato da vagabundagem no Congresso, as ONGs que se aproveitam de alguns grupos indígenas...

Nada escapou do radar, o parlamentar falou sobre tudo isso e muito mais, escancarando a verdade de forma corajosa.

Para Medeiros, o senador Flavio Bolsonaro cometeu uma injustiça muito grande na CPI, ao chamar só o senador Renan Calheiros de ‘vagabundo’.

“No Congresso brasileiro tem uma verdadeira laia, um verdadeiro sindicato de vagabundos”, ressaltou.

Medeiros ainda criticou duramente a ação do PSOL, que foi ao STF para travar as obras de construção da Ferrogrão, uma das realizações mais importantes do governo federal, fundamental para o escoamento da produção agrícola.

“Uma facção, ligada ao PT, que não conhece nada do Brasil, que não luta pelo Brasil, cujos representantes vivem no Leblon, em Ipanema, tomando vinho Pêra Manca, querem decidir sobre a vida de brasileiros no Pará, no Mato Grosso...”, ironizou.

O parlamentar relembrou também episódios de violência envolvendo os extremistas e como eles se aproveitam das chamadas ‘minorias’, como os indígenas.

“Quando a gente faz audiência pública, pagam passagem de alguns indígenas para vir pra cá, tem uns ‘ongueiros’ que ficam aí, os índios são manipulados. O PT tem sangue nas mãos. Toda vez que eles vêm fazer manifestação, quebram alguma coisa.
Quebraram na Esplanada dos Ministérios, tacaram fogo... Lembremos de Santiago, repórter da TV Bandeirantes, morto após ser atingido por fogos de artifício... Eles se insuflam, colocam as pessoas para ir para cima da polícia. Eles são loucos por um cadáver, para fazer circo, não têm respeito pelas minorias, eles usam as minorias para seu projeto de poder”, completou.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055